Liga Catarinense

ADAF Saudades goleia no tempo normal, empata na prorrogação e leva o título do turno da LCF

A noite do último sábado (15) foi de grandes emoções para o torcedor saudadense. A ADAF Saudades, que perdeu fora de casa para a equipe do AGN Capinzal precisava vencer no tempo normal e empatar na prorrogação, para levar o título do turno da Liga Catarinense de Futsal, um dos objetivos da equipe para este primeiro semestre de 2017.

Com o Ginásio Municipal Theobaldo Roos lotado pela torcida do Vale de Hospitalidade, que em peso apoiou sua equipe, a ADAF Saudades fez bonito já no tempo normal, vencendo a AGN Capinzal com ampla vantagem: 6 x 2.

Os gols foram anotados por Roger (2), Matheus, Andy e Léo, além de um gol contra. Capinzal conseguiu marcar apenas duas vezes, o que deu à equipe de casa novo ânimo para seguir firme na prorrogação.

Com o duelo acirrado, ADAF Saudades e AGN Capinzal lutaram pelo título na no tempo suplementar; a equipe visitante foi para cima, uma vez que o empate dava o título ao time da casa. Porém, a ADAF Saudades manteve um bom desempenho, fechando o placar em 1 x 1, com gol contra do AGN Capinzal, garantindo o título do turno da Liga Catarinense de Futsal.

Conforme comenta o técnico da ADAF Saudades, Gelson Girardi, esta é mais uma conquista importante para a equipe. “Nós buscamos esse título do turno desde a primeira partida aqui, contra a equipe de Palmitos. Vínhamos traçando este objetivo, que era chegar numa final e fazê-la em casa. E foi isso que aconteceu”, aduziu.

Gelson aponta ainda que a campanha da equipe na primeira fase foi muito boa, com sete vitórias e dois empates. “Nas quartas de final, tivemos um empate e uma vitória; na semifinal e na final, não fizemos bons jogos fora de casa, mas em casa, com o apoio do nosso torcedor, jogando em nossos domínios, tivemos ampla vantagem contra as equipes adversárias e conseguimos vencer os dois jogos e levar para a prorrogação, onde a nossa equipe conseguiu muito êxito”, completou o técnico.

De acordo com Girardi, o título veio com a soma de muito trabalho ao longo de toda a competição, intensificado na última semana. “Acho que foi uma grande festa, o título foi merecido, pelo que a gente fez no tempo normal, e isso não deixa dúvidas que fomos merecedores dessa conquista”, acredita.

Agora, a equipe volta a treinar nesta semana, para encarrar o time de Palmitos, fora de casa, na próxima sexta-feira, na busca do título do returno da Liga Catarinense de Futsal. “Praticamente, não tivemos neste ano nenhum final de semana de folga. Mas é assim, a equipe que quer chegar nos objetivos tem que estar sempre jogando. E nós, em todas as competições que viemos participando desde o ano passado, chegamos em praticamente todas as finais. Esse é o nosso objetivo, esse é o projeto da ADAF, para em todas as competições que participarmos não apenas jogar, mas estar nas finais, e isto está sendo concretizado da melhor maneira possível, pois conseguimos êxito em todas as competições”, finaliza Gelson. Texto: Iedo Zortea. Fotos: José C. Wollmann